+Meus Filmes Favoritos+

El Secreto de sus Ojos (Argentino-2009)

Argentino, terceiro grande filme de Juan José Campanella, na seqüência de “El mismo Amor, la misma Lluvia” (1999) e “El Hijo de la Novia” (2001). Filme quase impecável.

El mismo Amor, la misma Lluvia (Argentino-1999)

Mais um excelente filme de Juan José Campanella (“El Hijo de la Novia”). Grande história, interpretação impecável, direção segura.

The Fallen Idol (Inglês) [The Lost Illusion – US]

Outro bom filme com roteiro de Graham Greene, este com Michèle Morgan. O filho de um diplomata fica confuso em meio às realidades complicadas do mundo adulto.

The Third Man (Inglês)

O Terceiro Homem (em Português). Belo filme, com roteiro de Graham Greene, e com Orson Welles como ator, ambientado na Viena de depois da guerra, dividida em zonas de ocupação distintas: Americana, Inglesa, Russa… Um homem que morreu ressuscita…

Lugares Comunes (Argentino-2002)

Lugares Comuns (em Português). História, contada com sensibilidade, de um professor de literatura aposentado durante a ditadura argentina, e que procura encontrar uma nova ocupação, embora já idoso… Nunca é tarde para recomeçar, diz o marketing do filme.

El Hijo de la Novia (Argentino-2001)

O Filho da Noiva (em Português). Delicioso filme argentino (quem diria?) sobre a crise de meia idade de Rafael Belvedere, que tem conflito com o pai, com a mãe, com a ex-mulher, com a namorada… Excelentes interpretações.

La Fiesta del Chivo (Espanhol)

Mais um excelente filme baseado em romance de Mário Vargas Llosa — este com a incomparável Isabella Rossellini. O cenário é a ditadura de Rafael Trujillo na República Dominicana.

Tune in Tomorrow (Americano)

Divertido filme baseado no livro Tía Julia y el Escribidor, de Mário Vargas Llosa. Barbara Hershey e Keanu Reeves nos papéis principais. O tema: é a vida que imita a arte, não vice-versa…

Pantaleón y las Visitadoras (Peruano)

Divertida sátira sobre a mentalidade e a instituição militar, baseada no romance de Mário Vargas Llosa (com a linda Angie Cepeda). Pantaleón é um capitão do Exército encarregado de arrumar prostitutas para os oficiais, que cumpre seu dever seriamente

Of Love and Shadows (Americano)

De Amor e Sombras (em Português). Outro belo filme baseado em romance de Isabel Allende, de novo com Antonio Banderas, só que desta vez com Jennifer Coonnelly. O background é ainda a ditadura militar chilena.

The House of the Spirits (Americano)

A Casa dos Espíritos (em Português). Meryl Streep, Jeremy Irons, Winona Ryder e Antonio Bandeiras em inesquecíveis papéis no filme sobre o golpe militar no Chile, baseado no romance de Isabel Allende (de quem, por sinal, gosto muito)

You’ve Got Mail (Americano)

Segundo filme “agüinha com açúcar” de Tom Hanks e Meg Ryan de que eu gosto. Ela está linda — talvez mais linda ainda do que em Sleepless in Seattle. O enredo é troca de e-mails entre desconhecidos — que depois ficam se conhecendo.

Sleepless in Seattle (Americano)

Tom Hanks e Meg Ryan no primeiro de dois filmes deles que eu acho gostosos de assistir — “agüinha com açúcar”, mas gostoso. Ele é um viúvo inconsolável para quem o filho procura uma nova mulher. No final o filme brinca com An Affair to Remember.

Regarding Henry (Americano)

Harrison Ford e Annette Bening num filme interessante. Fordé Henry Turner, que perde a memória depois de receber um tiro. Perdendo a memória, ele perde sua identidade, se transforma num outro homem, de quem a sua mulher, que o traía, até gosta mais…

The Man in the Moon (Americano)

O filme vale por duas coisas. É a estréia de Rheese Witherspoon, novinha, adolescente, no cinema. E tem, como tema, “Loving You”, na incomparável interpretação de Elvis Presley. Só por essas duas coisas já vale a pena ver o filme. Mas há muito mais.

Erin Brockovich (Americano)

Se em Pretty Woman Julia Roberts era apenas “a pretty face”, aqui ela é uma guerreira, lutando pelo direito de quem é abusado. Fala palavrão aos borbotões, joga baixo, não está bonita – mas que belo papel. Mereceu o Oscar.

Pretty Woman (Americano)

Julia Roberts neste filme é exatamente isso: “a pretty woman” (e Richard Gere, “a handsome guy”). O filme não tem maiores pretensões, mas é delicioso de ver. Ela nunca mais esteve tão linda e irresponsavelmente sedutora.

Match Point (Inglês)

Grande filme do Woody Allen maduro — estrelando a incomparável Scarlett Johansson (apesar de minha mulher dizer: “Não sei o que você nela…”) O filme trata da presença de sorte e azar em nossa vida. Da presença do imponderável, de serendipity

Spanglish (Americano)

Espanglês (em Português). Muito bom filme, com a excelente Paz Vega, Adam Sandler (surpreendentemente bom — normalmente não gosto dele), Tea Leoni e Cloris Leachman. Uma mistura de drama e comédia – resultado mais do que satisfatório.

The Unbearable Lightness of Being (Americano)

A Insustentável Leveza do Ser (em Português). Filme de beleza lírica baseado no livro de Milan Kundera sobre a Primavera de Praga. Juliette Binoche está irresistível como Tereza.

The Effect of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds

Além do título esquisitíssimo, o filme tem três pontos de atração. Primeiro, é excelente. Segundo, Paul Newman é o diretor. Terceiro, é o único filme que sua filha, Eleanor Newman, com Joanne Woodward, jamais fez. Vale a pena conferir.

Love Letters

Mais uma história de amor epistolar, por correspondência, este com o benefício de um roteiro de ninguém menos do que Ayn Rand. Jennifer Jones e Joseph Cotten, nos dois principais papéis, são competentes, como sempre.

Hanover Street

Amor em Chamas (em Português). História de amor durante a guerraque levanta um tema que acho fascinante: pode alguém verdadeiramente amar duas pessoas ao mesmo tempo? Harrison Ford, novinho, e a exoticamente linda Lesley-Anne Down.

84 Charing Cross Road

Nunca te Vi, Sempre te Amei (em Português). Anthony Hopkins (denovo) e Anne Bancroft na história perene e eterna de um amor epistolar – por correspondência. A Internet reviveu o interesse no tema. Mas este é imperdível.

Things you Can Tell Just by Looking at Her

Filme sensível sobre a condição feminina – com algumas grande atrizes (Glenn Close, Cameron Diaz, esta fazendo papel de cega). Por que a busca de uma relação estável, ainda que com outra mulher, parece ter um papel tão importante na vida da mulher?

Proof

Mais uma mulher linda – Gwyneth Paultrow – que não se importa de parecer menos linda na tela, desde que seja num grande papel. Anthony Hopkins está excelente- quando ele não estáno papel de um gênio matemática em busca de uma prova que lhe escapa.

North Country

O filme trata da presença de preconceito contra a mulher no mundo do trabalho — no caso, numa mina de carvão. E de muito mais coisa. Charlize Theron é — bom: ela é Charlize Theron: uma mulher linda que não se importa de parecer mais feia na tela.

Ship of Fools

A Nau dos Insensatos (em Português). Excelente filme, com um grande número de astros e estrelas perdendo o brilho (Mel Ferrer, Lee Marvin, Vivian Leigh, Simone Signoret), cuja história decorre inteiramente dentro de um navio. O filme é de Stanley Kramer.

Doctor Zhivago (Americano)

Doutor Jivago (em Português). Jivago (Omar Sharif) prova que é possível, para um homem, amar duas mulheres ao mesmo tempo. Lara (Julie Christie) prova que uma mulher pode continuar pura mesmo depois de ser explorada sexualmente. “Tema de Lara” é a música.

Ryan’s Daughter

A Filha de Ryan (em Português). Filme lindo, tanto na história como no cenário, dirigido por David Lean, estrelando Robert Mitchum e Sarah Miles. O tema musical, “It was a good time”, fica na memória para sempre. Música de Maurice Jarré (de Dr Zhivago).

The Name of the Rose (Americano)

O Nome da Rosa (em Português). Thriller policial ambientado em um mosteiro medieval, baseado no romance de Umberto Ecco e estrelado por Sean Connery.

Dead Poets Society (Americano)

Sociedade dos Poetas Mortos (Em Português). Filme bom para ser assistido por professores. John Keating, o mestre, não ensina conteúdo e manda os alunos rasgarem o livro texto. Mas os contagia com o seu amor pela poesia.

Cousin, Cousine (Francês)

Filme original do qual foi feito o remake americano Cousins. Marie-Christine Barrault não é nenhuma Isabella Rosselini – mas é bela à sua própria maneira.

Cousins (Americano)

Um Toque de Infidelidade (Em Português). Versão americana, com Isabella Rosselini, de Cousin, Cousine, Francês. Gosto bem mais do original francês, embora Isabella Rossellini esteja mais linda do que nunca.

Sommersby (Americano)

Sommersby (Em Português). Tanto Richard Gere como Jodie Foster estão excelentes neste belo filme de 1993. A história é curiosa — um marido que sumiu e, depois, voltou outro: “You’re not my husband”, diz ela, depois da primeira transa no reencontro…

Sophie’s Choice (Americano)

A Escolha de Sofia (em Português). Meryl Streep em uma de suas melhores interpretações. Dizem que teve de praticar durante um ano para conseguir aquele sotaque.

Summer of 42 (Americano)

Verão de 42 (em Português). A exoticamente linda Jeniffer O’Neill conquistando (sem querer) o coração de um adolescente ao som da música de Michel Legrand.

Picnic (Americano)

Férias de Amor (em Português). Basta dizer que é um dos grandes clássicos do cinema, com William Holden e a sedutora Kim Novak. Mostra os Estados Unidos na década de cinqüenta.

Inherit the Wind (Americano)

A história do “Monkey Trial”. Imabatível para quem se interessa pelos combates entre a ciência, representada por Spencer Tracy (Clarence Darrow) e a religião, representada por Frederic March (William Jennings Bryan).

Guns for San Sebastian (Americano)

Anthony Quinn em um de seus melhores desempenhos, que só perde para Alexis Zorba, em Zorba the Greek — e empata com seu desempenho em Viva Zapata! Também conhecido como “La Bataille de San Sebastián”.

Zorba, the Greek (Americano)

Zorba, o Grego (em Português) – Este o melhor desempenho de Anthony Quinn. A história de Nikos Kazantzakis em si vale a pena: ela foi o primeiro livro em Francês que eu li inteiro, em 1961.

Love’s a Many-Splendored Thing (Americano)

Suplício de uma Saudade (em Português). Outro clássico do cinema, ambientado em Hong Kong, também com William Holden, agora com Jennifer Jones, ela fazendo o papel da dra. Han Suyin. O tema musical faz sucesso até hoje — não há baile sem ele.

Something’s Gotta Give (Americano)

Divertida comédia com Jack Nicholson and Diane Keaton sobre um amor maduro. Ele, sessentão, namorava a filha dela — mas acabou por se apaixonar pela mãe cinqüentona e cheia de “hangups”…

As Good as It Gets (Americano)

Excelente filme com Jack Nicholson e Helen Hunt, tratando de temas complicados: manias, amor maduro, homossexualismo. Desempenhos acima de qualquer crítica.

About Schmidt (Americano)

Jack Nicholson está excepcional neste filme em que um calculista de risco que se aposenta aos 65 anos, logo em seguida fica viúvo e tenta encontrar sentido na vida além da rotina do trabalho e do hábito do casamento.

Scent of a Woman (Americano)

Perfume de Mulher (em Português). Inigualável interpretação de Al Pacino. O filme é a história da educação de um jovem nas mãos de um coronel aposentado, cego e mal-humorado. A escola deseduca. A vida educa. A cena da dança de Por Una Cabeza é antológica.

Separate Lies (Britânico)

Mentiras Sinceras (em Português). Excelente filme. Há uma resenha muito boa por Contardo Calligaris na Folha de 16 de Março de 2006. Pode uma mulher verdadeiramente amar dois homens ao mesmo tempo? Interpretação impecável de Tom Wilkinson.

Paris, Texas (Americano)

Paris, Texas (em Português). Você nunca mais vai ver Nastasja Kinski tão linda quanto nesta comovente história. A trilha sonora também é fantástica.

The Remains of the Day (Americano)

Vestígios do Dia (em Português). Anthony Hopkins e Emma Thompson estão excelentes. O mordomo e a governanta se amam. Mas a rigidez de suas funções, e os valores que eles vivenciam, os impedem de se declarar e de viver o seu amor.

Not One Less (Chinês)

Nenhum a Menos (em Português). Fabuloso filme chinês (Yi ge doubu neng shao) que mostra como uma classe rebelde começa a aprender quando o que tem de ser aprendido é relevante para os seus interesses. Bom para ver em escola.

Good-Bye Lenin (Alemão)

Adeus, Lênin (em Português). Filme fantástico sobre a enganação que era o Comunismo no Leste Europeu (especificamente, na Alemanha Oriental). Vale a pena conferir.

We the Living (Italiano)

Nós, os que Vivemos (em Português), baseado no primeiro romancede Ayn Rand. Noi Vivi, no original italiano (feito clandestinamente). A história reflete a Rússia de logo depois da Revolução Comunista de 1917 – e revela a verdadeira essência do Comunismo.

October Sky (Americano)

Sol de Outubro (em Português), história real, baseado na vida do autor do livro. Excelente filme para ser visto e discutido em contextos educacionais. Mostra como a gente se educa mais na vida do que na escola.

Mr Holland’s Opus (Americano)

Adorável Professor (em Português), grande filme sobre um bom professor (de música) e a diferença que ele pode fazer na vida dos alunos. Menos pelo que ensina e mais pelo que é.

The Notebook (Americano)

Diário de uma Paixão (em Português). Baseado no romance de Nicholas Spark, o filme contém grandes interpretações de James Garner e Gena Rowlands, bem como dos atores que os representam quando jovens: Ryan Gosling e Rachel McAdams. A história é comovente.

The End of the Affair (Americano-remake de 1999)

Fim de Caso (em Português). Um dos meus filmes favoritos. É remake de um filme de 1955. Esta versão tem nos papéis principais Ralph Fiennes e Julianne Moore. Ela, magnífica. A história é de Graham Greene.

Meet Joe Black (Americano)

Encontro Marcado (em Português). A história contém elementos do sobrenatural. Mas as interpretações de Anthony Hopkins, Brad Pitt e Claire Forlani estão no tom exato. Ela é magnífica. Linda e doce – deveria ser proibida para diabéticos.

The Bridges of Madison County (Americano)

As Pontes de Madison (em Português). O filme, produzido, dirigido, roteirizado e interpretado por Clint Eastwood, mostra o ator e Meryl Streep em interpretações que beiram a perfeição. A história é bonita e comovente. Se mexer no filme, estraga.

The Fountainhead (Americano)

A Nascente (em Português). Filme baseado no livro de igual título de Ayn Rand, seu primeiro best-seller. O livro é de 1943, o filme de 1949. Gary Cooper e Patricia Neal nos principais papéis. História de um arquiteto que não se curva diante de pressões.

The Human Stain (Americano)

Revelações (em Português). Boa história baseada em romance de Philip Roth. Anthony Hopkins e Nicole Kidman “at their very best” — embora em papéis diferentes daqueles em que estamos acostumados a vê-los. Nicole é a “anti-Moulin Rouge” aqui. Mas excelente.

The Sandpiper (Americano)

Um dos melhores desempenhos de Elizabeth Taylor, como uma pintora livre-pensadora que conquista um pastor anglicano… O roteiro é excelente. A trilha sonora traz “The Shadow of your Smile”. What more can you ask?

Rebecca (Americano)

Rebeca, a Mulher Inesquecível (em Português). Filme de Alfred Hitchcock em cima do livro de Daphne du Maurier, que li quando criança. Criança lia coisa pesada naqueles tempos… Joan Fontaine e Laurence Olivier contracenam. Bem – no estilo de 1940.

Casablanca (Americano)

Casablanca (em Português). Ganhou o Oscar de melhor filme no ano em que nasci (1943). Ingrid Bergman está linda como nunca mais esteve. E impecável como atriz. “As Time Goes By”, então, nem se fala: a música é sinônimo do filme.

Shadowlands (Americano)

Terras de Sombra (Em Português). Magnífica biografia de C S Lewis, escritor inglês, professor em Oxford. Anthony Hopkins faz o papel principal. Excelente. Debra Winger está ótima no papel da divorcée interessada na obra de Lewis, por quem ele se apaixona.

O Quatrilho (Brasileiro)

Excelente filme brasileiro sobre a imigração italiana no Rio Grande do Sul. Quem conhece a linda região de Bento Gonçalves não vai querer perder. Lá há vários locais onde partes do filme foram feitas. Patricia Pillar está linda — Glória Pires, eficiente.

2 Filhos de Francisco (Brasileiro)

Excelente filme brasileiro, história real, baseada na vida da dupla Zezé de Camargo e Luciano. A música “É o amor”, primeiro sucesso da dupla, fica na cabeça depois de a gente ver o filme.

Gone with the Wind (Americano)

E o Vento Levou (em Português). Clark Gable nunca mais foi o mesmo depois de ser Rhett Butler. Nem Vivian Leigh depois de ser Scarlet O’Hara. A trilha sonora do filme também é fantástica. O filme, de 1939, ganhou nada menos do que dez Oscars.

Filmes que vi e de que gostei

O site IMDB  – International Movie Data Base – é, na minha opinião, o melhor site de filmes que existe. Tem uma versão profissional, mas a versão genérica, gratuita, já é excelente. E que permite que você crie sua lista de filmes favoritos. Veja a minha:

http://www.imdb.com/mymovies/list?l=2465740

  1. Talvez possam ajudar-me. Procuro por um filme, que me parece chamar-se Um Amor Diferente, uma homem que se apaixona por outro, casado, tem cenas com avião, deixa sua família e ficam juntos no final. Desde já obrigada, gostaria de localiza-lo.

    Curtir

  2. Olá, adorei sua lista!

    Gostei da sua forma dinâmica de “resumí-los”.

    Será que você conhece um filme no qual Jack Nicholson faz o papel de um homem que procura um chileno?

    Tenho somente essa informação, sei que é difícil, desde já agradeço.

    Curtir

  3. Adorei, filmes formidáveis.
    Uma sugestão o filme “Germinal”, Do romance GerminaI, de Emile Zola, é considerado por muitos críticos literários, a obra fundamental do chamado naturalismo, no qual a estética realista se volta para a concepção de uma “história natural” dos seres e das sociedades.
    Ficha de catálogo do filme
    Título original: Germinal
    Lançamento: 1993 (FRA)
    Direção: Claude Berri
    Atores: Gérard Depardieu, Miou-Miou, Renaud.
    Duração: 160 min
    Gênero: Épico
    Sinopse: Baseado no romance homônimo de Émile Zola, o filme aborda os movimentos grevistas de um grupo de mineiros no norte da França do século XIX, contra a exploração de que são vítimas. Entretanto, ao se levantarem contra o sistema, passam ser alvos da repressão das autoridades.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s