+Meu Résumé+

Resumo do Curriculum Vitae de Eduardo Chaves [Atualizado em Setembro de 2020] 1. Formas de Atuação 
  • Escritor (vide seções 6 e 7)
  • Palestrante (vide seção 8)
  • Consultor (vide seção 5)
  • Professor Universitário (aposentado, depois de 45 anos na função) (vide seção 5)
2. Dados Pessoais
  • Nome profissional: Eduardo Chaves, Eduardo O C Chaves, Eduardo O E M C Chaves
  • Nome completo: Eduardo Oscar Epprecht e Machado de Campos Chaves
  • 77 anos: natural de Lucélia, SP, em 7 de Setembro de 1943
  • Estado civil: casado
  • Residência: Salto, SP / São Paulo, SP
  • Telefone: +55 (11) 97984-0000
  • E-mail: chaves@liberal.academy (para questões relacionadas aos blogs)
  • E-mail: eduardo@chaves.im (para assuntos profissionais)
  • E-mail: eduardo@chaves.pro (para assuntos pessoais)
3. Principais Qualificações Acadêmicas
  • Ph.D. (Doctor of Philosophy) (Mai-1970-Ago1972) Área: Filosofia e Religião University of Pittsburgh, Pittsburgh,  PA, EUA
    • Orientador: William Warren Bartley, III
    • Dissertação (615p.):
      • David Hume’s Philosophical Critique of Theology and its Significance for the History of Christian Thought
  • M.Div. (Master of Divinity) (1968-2000 – Primeiro Semestre) Área: História do Pensamento Cristão Pittsburgh Theological Seminary, Pittsburgh, PA, EUA (Set 1967-Mai 1970; magna cum laude)
    • Orientador: George Kehm Junior
    • Trabalhos de conclusão (um trabalho por semestre durante seis semestres; total ~500p):
      • Thomas Aquinas’ Theory of Knowledge
      • Cognitio Dei in the Thought of Saint Thomas Aquinas
      • Erasmus on War and Peace
      • Sola Scriptura and the Problem of Scripture and Tradition
      • The Fundamentalist-Modernist Controversy in the Presbyterian Church of the USA
      • The Social Gospel in America: A Study of Its Origins
  • B.D. (Bachelor of Divinity) (1964-1967) Área: Teologia, com “major” em História da Igreja
    • Seminário Presbiteriano do Sul, Campinas, SP (1964-1966);
    • Faculdade de Teologia da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, São Leopoldo, RS (1967 – Primeiro Semestre);
    • Pittsburgh Theological Seminary, Pittsburgh, PA, EUA (1967 – Segundo Semestre) [Esta a instituição que concedeu o grau]
4. Principais Atividades Correntes [da mais antiga para a mais recente]
  • Presidente e CEO, MindWare Education, empresa de consultoria na área de “Educação, Tecnologia, Mudanças e Inovação”, São Paulo, SP (1997-presente)
  • Fellow, Salzburg Seminars, na área de “Inclusão Digital”, Salzburg, Áustria (2003-presente)
  • Fellow, Education Impact, grupo de consultoria na área de “Educação e Tecnologia”, Londres, UK (2008-presente)
  • Fellow, Education Fast Forward, grupo de consultoria na área de “Educação, Mudança e Inovação”, Londres, UK (2010-presente)
  • Sócio da Associação Cultural Franco-Brasileira, razão social da Aliança Francesa de Campinas, Campinas, SP (1998-presente)
5. Principais Atividades Anteriores [da mais recente para a mais antiga]
  • Professor de História da Igreja e de História do Pensamento Cristão, Faculdade de Teologia de São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (FATIPI), São Paulo, SP (2014-2017)
  • Professor de Educação, Tecnologia e Mudanças, Programa de Pós-Graduação em Educação Comunitária, Centro Universitário Salesiano (UNISAL), Americana, SP (2009-2016)
  • Membro, Conselho Consultivo, Instituto Paramitas, São Paulo, SP (2012-2015)
  • Membro, Conselho Consultivo, Instituto Crescer para a Cidadania, São Paulo, SP (2008-2015)
  • Coordenador, Cátedra UNESCO de Educação e Desenvolvimento Humano, Instituto Ayrton Senna, São Paulo, SP (2003-2006, 2011-2013)
  • Consultor, Instituto Ayrton Senna, São Paulo, SP (1999-2006, 2011-2013)
  • Consultor, MindGroup (braço social do grupo MindLab), São Paulo, SP (2012-2013)
  • Consultor, Abril Educação, São Paulo, SP (2012-2013)
  • Colunista semanal, Blog das Editoras Ática e Scipione, Abril Educação, São Paulo, SP (2011-2012)
  • Consultor, Colégio “Juarez Wanderley”, Instituto Embraer, São José dos Campos, SP (2011-2012)
  • Consultor, Zoom: Education for Life (então representante exclusiva da Lego Education no Brasil), São Caetano do Sul, SP (2010-2012)
  • Membro, Conselho Consultivo do Programa e Portal EducaRede da Fundação Telefónica/Vivo, São Paulo, SP (2003-2012)
  • Membro, International Advisory Board, Partners in Learning Initiative, Microsoft Corporation, Redmond, WA, EUA (2003-2013)
  • Consultor, Área de Educação, e Coordenador do Comitê de Lideranças Educacionais, Microsoft Informática Ltda., São Paulo, SP (1998-2013)
  • Membro do Comitê Diretor, Aliança Francesa de Campinas, Campinas, SP (1998-2010)
  • Consultor, Departamento de Orientação Técnica, Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal, São Paulo, SP (2009-2010)
  • Consultor, Bradesco Institute of Technology (BIT), Fundação Bradesco, Campinas, SP (2009-2010)
  • Presidente, Instituto Lumiar, São Paulo, SP (2007-2009)
  • Secretário Adjunto, Secretaria de Ensino Superior do Estado de São Paulo, São Paulo, SP (2007)
  • Criador, Cátedra UNESCO de Educação e Desenvolvimento Humano, Instituto Ayrton Senna, São Paulo, SP (2002-2003)
  • Professor Titular de Gerenciamento de Sistemas de Informação, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), Campinas, SP (1992-1997)
  • Membro, Conselho Estadual de Informática (CONEI), Governo do Estado de São Paulo, São Paulo, SP (1987-1990)
  • Diretor, Centro de Informática e de Informações de Saúde (CIIS), Secretaria de Estado da Saúde, São Paulo, SP (1987-1990)
  • Professor de Informática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, 1987
  • Diretor, Centro de Informações Educacionais (CIE), Secretaria de Estado da Educação, São Paulo, SP (1986-1987)
  • Professor Titular de Filosofia da Educação, Teoria do Conhecimento e Filosofia Política, Departamento de Filosofia e História de Educação, Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP (1974-2006)
  • Na UNICAMP, exerceu os seguintes cargos e funções na área de gestão acadêmica:
    • Pró-Reitor para Assuntos Administrativos, Reitoria (1985-1986)
    • Pró-Reitor para Contratos e Convênios, Reitoria (1984)
    • Criador e Coordenador do Núcleo de Informática Aplicada à Educação (NIED), Reitoria (1983-1986)
    • Criador e Coordenador do Centro de Informática Aplicada (CIA), Reitoria (1983-1986)
    • Vice-Diretor Executivo, Fundação para o Desenvolvimento da UNICAMP (FUNCAMP) (1980-1981)
    • Presidente, Comissão de Orçamento e Patrimônio do Conselho Diretor (1980-1981)
    • Membro, Conselho Diretor da Universidade (1980-1984)
    • Diretor, Faculdade de Educação (1980-1984)
    • Diretor Associado, Faculdade de Educação (1976-1980)
    • Membro, Câmara Curricular da Universidade (1976-1980)
    • Coordenador, Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação (1975-1976)
    • Coordenador, Curso de Graduação em Pedagogia, Faculdade de Educação (1974-1975)
  • Professor Assistente de Filosofia, Pomona College, Claremont, CA, EUA (1973-1974)
  • Preletor em Filosofia, California State University, Hayward / East Bay, CA, EUA (1972-1973)
  • Assistente de Ensino e Pesquisa, Departamento de Teologia Sistemática, Pittsburgh Theological Seminary, Pittsburgh, PA, EUA (1970-1972)
6. Livros [do mais antigo para o mais recente]
  • Informática: MicroRevelações (Campinas, Cartgraf Editora / People Computação, 1985)
  • Educação e Informática: Projeto EDUCOM – Ano I (MEC/FUNTEVÊ/CENIFOR, Brasília, 1985; em coautoria com membros do CENIFOR, sendo autor do Capítulo 2, “O Computador na Educação”, e da Seção 3.2.1, “Subprojeto/EDUCOM Campinas”)
  • Programa de Formação Integral da Criança – PROFIC (Secretaria de Estado da Educação / Centro de Informações Educacionais, São Paulo, 1986; em coautoria com José Aristodemo Pinotti e Ubiratan d’Ambrósio)
  • O Uso de Computadores em Escolas: Fundamentos e Críticas (São Paulo, Editora Scipione, 1987; em coautoria com Valdemar W. Setzer)
  • Uma Nova Estratégia para a Área Social (São Paulo, Paris Editorial, 1988; em coautoria com José Aristodemo Pinotti e Aníbal Faúndes)
  • Informatics and Telematics in Health: Present and Potential Uses (Geneva, World Health Organisation, Revised Edition, 1988; em coautoria com vários autores, responsável também pela revisão final). Texto traduzido para o Francês, com o título Informatique, Télématique et Santé: Applications Actuelles et Potentielles, e para o Espanhol, com o título de La Informática y la Telemática en el Campo de la Salud: Usos Actuales y Potenciales, em ambos os casos com a data de 1990.
  • Multimídia: Conceituação, Aplicações e Tecnologia (Campinas, People Computação, 1992)
  • Administração do Tempo (Campinas, People Computação, 1992)
  • People LOGO – Versão 2.2: Versão de LOGO em Português para a Linha IBM PC (Campinas, People Brasil Informática, 1993)
  • Tecnologia e Educação: O Futuro da Escola na Sociedade da Informação (Brasília, MEC; São Paulo, Mindware Education Editora, 1998; publicado e distribuído em PDF e em xerox encadernado)
  • Educação e Desenvolvimento Humano: Uma Nova Educação para uma Nova Era (São Paulo, Mindware Education Editora, 2003; publicado e distribuído em PDF e em cópias xerox)
  • Sua Escola a 2000 por Hora: Educação para o Desenvolvimento Humano pela Tecnologia Digital (São Paulo, Editora Saraiva / Instituto Ayrton Senna, Cátedra UNESCO de Educação e Desenvolvimento Humano, 2004; com apoio da equipe do Instituto Ayrton Senna)
  • Pilares da Educação Digital (São Paulo, Microsoft Informática, 2010)
  • Aspectos Curriculares e Metodológicos da Área de Informação e Comunicação e Suas Tecnologias (São Paulo, Secretaria Municipal de Educação, 2010; com apoio da equipe da Secretaria Municipal da Educação de São Paulo / Departamento de Orientação Técnica)
  • Projetos Transdisciplinares de Aprendizagem Colaborativa (São Paulo, Editora FTD, 2017)
  • História da Igreja Antiga (São Paulo, Mindware Education Editora / Fundação Eduardo Carlos Pereira, 2017)
  • Breve História da Igreja Antiga: Dos Primórdios à Queda do Império Romano (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2018 – versão revista e expandida do livro anterior, publicado agora na forma de e-book, formato Kindle)
  • Cinco Artigos em Defesa do Liberalismo Clássico: Uma Coletânea (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Capacitação Pedagógica para Instrutores: Um Manual (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019, reedição de manual de 1990, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Informática: MicroRevelações (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019, reedição de livro de 1985, sem fotografias, imagens e gráficos, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Quarenta Anos de Mudanças na Educação e na Tecnologia – Vol. 1 (1978-1992) (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2018, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Quarenta Anos de Mudanças na Educação e na Tecnologia – Vol. 2 (1993-2007) (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2018, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Quarenta Anos de Mudanças na Educação e na Tecnologia – Vol. 3 (2008-2018) (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2018, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Doutrinação, Liberdade, &c. : Filosofando sobre a Educação e o Indivíduo, a Escola e a Sociedade (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019, na forma de e-book, formato Kindle)
  • Educação e Desenvolvimento Humano: Uma Nova Educação para uma Nova Era (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019; reedição, em forma de e-book, formato Kindle, de livro concluído e originalmente publicado em 2003, agora republicado, com a indicação de primeira edição
  • Educação e Desenvolvimento Humano: Uma Nova Educação para uma Nova Era (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2019; segunda edição, revisada e bastante ampliada, publicação em forma de e-book, formato Kindle, de livro originalmente publicado em 2003, cuja primeira edição foi republicada em 2019)
  • Tecnologia e Educação: O Futuro da Escola na Sociedade da Informação (São Paulo, Mindware Education Editora / Amazon KDP, 2021; reedição na forma de e-book, formato Kindle, de livro publicado e distribuído em 1998) [no prelo]
7. Livros em Elaboração [Isoladamente ou com Colaboração]
  • O Instituto JMC, de Jandira, SP (isoladamente)
  • Uma Educação Liberal para o Brasil (isoladamente)
  • Ayn Rand, a Defesa do Liberalismo Clássico e a Crítica ao Socialismo (isoladamente)
  • Murray N. Rothbard e a Defesa do Libertarianismo Anárquico (isoladamente)
  • Em Defesa da Razão (isoladamente)
  • A Escola e a Tecnologia: Mudança e Inovação com o Uso das Redes Sociais (coautoria de Paloma Chaves)
  • Inovação da Escola ou Desescolarização da Educação? O Futuro da Aprendizagem numa Sociedade em Rede (coautoria de Paloma Chaves)
  • A Escola Lumiar (coautoria de Paloma Chaves)
  • Sudbury Valley School (coautoria de Paloma Chaves)
  • C S Lewis: Um Intelectual Diferente (coautoria de Carlos Eduardo Martins)
  • Fundamentalismo, Liberalismo e Evangelicalismo: As Controvérsias (coautoria de Carlos Eduardo Martins)
8. Doze Principais Blogs 9. Portfólio de Palestras Principais:
  • A Definição e Execução de Projetos de Vida: O Grande Desafio da Educação Personalizada
  • Talentos e Paixões: Como Conseguir que se Encontrem?
  • Educação, Mudanças e Inovação: A Tecnologia e a Reinvenção da Escola
  • Pilares da Educação na Sociedade da Informação
  • Uma Nova Educação para uma Nova Era: A Educação na Sociedade da Informação
  • A Tecnologia como Ferramenta (Tool) e Brinquedo (Toy): O Útil e o Prazeroso na Educação
  • A Tecnologia e a Educação: da Fala de Sócrates à Multimídia das Redes Sociais de Hoje
  • Educação a Distância: Só a Tecnologia e a Distância não Melhoram a Qualidade da Educação
  • Comunidades Virtuais de Aprendizagem Colaborativa: A Maiêutica Socrática Disponibilizada em Larga Escala
  • A Educação como Transmissão da Herança Cultural e a Educação como Desenvolvimento Humano: Complementaridade ou Oposição?
  • A Brincadeira, a Arte e os Modelos da Aprendizagem: Como as Pessoas Aprendem
  • É Possível Reinventar a Escola ou Ela Vai Mesmo se Tornar Obsoleta e Deixar de Existir?
  • Currículo Escolar Centrado no Desenvolvimento de Competências: Não Basta Tentar Disfarçar a Grade Curricular
  • Os Temas Transversais: Solução ou Mero Sintoma de um Problema?
  • A Metodologia de Projetos, a Transdisciplinaridade e a Contextualização
  • A Formação de Professores para uma Nova Escola: É Possível Renovar as Faculdades de Educação ou Elas se Tornaram Irrecuperáveis?
  • Design Inovador Aplicado à Educação (DIAE)
10. Contato: Salto, 7 de Setembro de 2020.

Uma resposta

  1. Bom dia, venho trabalhando em escolas públicas no município de Alvorada /RS sendo uma municipal a qual sou superviso educacional e outra estudual na qual atualmente até 2015 estou na direção. Na escola na qual estou diretora desde 2010, venho desenvolvendo um trabalho com grupos áulicos, cuja proposta é os alunos sentados em grupos e que em cada grupo tenha um aluno eleito como coordenador, este por sua vez deve convidar seus colegas de grupo pensando, quem eu gostaria de auxiliar, quem eu gostaria de trocar e quem eu gostaria de aprender, sendo que a cada trimestre nova eleição ocorre e quem foi o coordenador no trimestre atual, não poderá exercer esta função no trimestre posterior. A idéia é estimular o aluno a troca de conhecimento, a pesquisa e o trabalho em equipe, partindo de habilidades e competências a serem desenvolvidas, iniciamos na escola este trabalho em 2011, e ainda possuimos muitas dificuldades como os colegas, sendo esta uma inquietação contanstante, e até tema de meu mestrado, POR QUE PROFESSORES POSSUEM TANTA RESITÊNCIA, AO NOVO, A INOVAÇÃO? Comodismo, tradição, eu aprendi assim e assim será?O que leva a esta resistência? Como paralelo a isso estou num momento em que na escola municipal ao qual sou supervisora educacional estamos num processo de estudo e refomulação da proposta pedagógica da escola fui apresentada aos seus textos por parte de uma colega ao citar seus estudos numa apresentação realizada por ela ao grande grupo enquanto debatiamos a questão de como trabalhar com projetos como forma de estimular no aluno o pensamento crítico e a construção do conhecimento. Nas escolas, seja municipal ou estadual, me pego observando colegas que possuem o discurso repleto de citações, referências teóricas e na prática nos deparamos com quadros cheios, resumos de conteúdos, livro didático e questionário, onde está a inovação. Por que o discurso está tão longe da prática?

    A leitura de seus textos me provocaram a este desabafo. Tanto que compartilhei aos componentes da equipe diretiva da escola na qual sou diretora, com a intenção de com base em seus textos promover um debate com os educadores. Como trabalhar em grupos áulicos se ainda não estamos (alguns) promovendo situação que mobilize o aluno e o instigue a pesquisar, criticar, criar e principalmente – aprender a aprender.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s