+Meu Résumé+

Resumo do Curriculum Vitae de Eduardo Chaves

[Atualizado em Setembro de 2015]

Dados Pessoais

  • Nome completo: Eduardo Oscar Epprecht e Machado de Campos Chaves
  • 72 anos: natural de Lucélia, SP, em 7 de Setembro de 1943
  • Estado civil: casado
  • Residência: São Paulo e Salto, SP
  • Telefone: (11) 97984-0000
  • E-mail: chaves@liberal.academy
  • E-mail: eduardo@chaves.co

Principais Qualificações Acadêmicas

  • Ph.D. (Filosofia), University of Pittsburgh, Pittsburgh,  PA, EUA (1972)
  • M.Div. (História das Idéias Ocidentais), Pittsburgh Theological Seminary,
Pittsburgh, PA, EUA (1967-1970)
  • B.D. (Teologia), Pittsburgh Theological Seminary, Pittsburgh, PA, EUA, 
Faculdade de Teologia da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, São
 Leopoldo, RS, e Seminário Presbiteriano do Sul, Campinas, SP
 (1964-1967)

Principais Atividades Correntes

  • Professor, Departamento de Teologia Sistemática e História da Igreja da Faculdade de Teologia São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (2014-presente)
  • Professor, Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro
 Universitário Salesiano (UNISAL), Americana, SP (2009-presente)
  • Membro, Conselho Consultivo, Instituto Paramitas, São Paulo, SP (2012-presente)
  • Membro, Conselho Consultivo, Instituto Crescer para a Cidadania, São
Paulo, SP (2008-presente)
  • Fellow, Education Fast Forward, grupo de consultoria na área de educação, 
tecnologia e inovação, Londres, UK (2010-presente)
  • Fellow, Education Impact, grupo de consultoria na área de educação, 
Londres, UK (2008-presente)
  • Fellow, Salzburg Seminars, Salzburg, Áustria, (2003-presente)
  • Presidente, MindWare – EduTec.Net, empresa de consultoria na área da
 tecnologia, mudança e inovação, São Paulo, SP
 (1997-presente)

Principais Atividades Anteriores

  • Coordenador, Cátedra UNESCO de Educação e Desenvolvimento Humano, Instituto
Ayrton Senna, São Paulo, SP (2003-2006, 2011-2013)
  • Consultor, Instituto Ayrton Senna, São Paulo, SP (1999-2006, 2011-2013)
  • Consultor, MindGroup (braço social do grupo MindLab), São Paulo, SP (2012-2013)
  • Consultor, Abril Educação, São Paulo, SP (2012-2013)
  • Colunista semanal, Blog das Editoras Ática e Scipione, Abril Educação, São
Paulo, SP (2011-2012)
  • Consultor, Colégio “Juarez Wanderley” do Instituto Embraer, São José dos
 Campos, SP (2011-2012)
  • Consultor, Zoom: Education for Life (representante exclusiva da Lego 
Education no Brasil), São Caetano do Sul, SP (2010-2012)
  • Membro, Conselho Consultivo do Programa e Portal EducaRede da Fundação
Telefónica, São Paulo, SP (2003-2012)
  • Membro, International Advisory Board of Microsoft’s Partners in Learning, 
Microsoft Corporation, Redmond, WA, EUA (2003-2011)
  • Consultor, Microsoft Informática Ltda., São Paulo, SP (1998-2011)
  • Membro, Comitê Diretor, Aliança Francesa de Campinas, Campinas, SP
 (1998-2010)
  • Consultor, Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal, São Paulo, SP
 (2009-2010)
  • Consultor, Bradesco Institute of Technology (BIT), Fundação Bradesco,
 Campinas, SP (2009-2010)
  • Presidente, Instituto Lumiar, São Paulo, SP (2007-2009)
  • Secretário Adjunto, Secretaria de Ensino Superior do Estado de São Paulo, 
São Paulo, SP (2007)
  • Criador, Cátedra UNESCO de Educação e Desenvolvimento Humano,
 Instituto Ayrton Senna, São Paulo, SP (2002-2003)
  • Professor Titular de Gerenciamento de Sistemas de Informação, Pontifícia 
Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), Campinas, SP (1992-1997)
  • Membro, Conselho Estadual de Informática (CONEI), Governo do Estado de São Paulo,
 São Paulo, SP (1987-1990)
  • Diretor, Centro de Informática e de Informações de Saúde (CIIS), Secretaria
 de Estado da Saúde, São Paulo, SP (1987-1990)
  • Professor de Informática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo 
(PUC-SP), São Paulo, SP, 1987
  • Diretor, Centro de Informações Educacionais (CIE), Secretaria de 
Estado da Educação, São Paulo, SP (1986-1987)
  • Professor Titular de Filosofia da Educação, Teoria do Conhecimento e
 Filosofia Política, Departamento de Filosofia e História de Educação
, Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP),
 Campinas, SP (1974-2006)
  • Na UNICAMP, exerceu os seguintes cargos e funções na área de gestão acadêmica:
    • Pró-Reitor para Assuntos Administrativos, Reitoria (1985-1986)
    • Pró-Reitor para Contratos e Convênios, Reitoria (1984)
    • Criador e Coordenador do Núcleo de Informática Aplicada à Educação (NIED),
 Reitoria (1983-1986)
    • Criador e Coordenador do Centro de Informática Aplicada (CIA), Reitoria 
(1983-1986)
    • Vice-Diretor Executivo, Fundação para o Desenvolvimento da UNICAMP 
(FUNCAMP) (1980-1981)
    • Presidente, Comissão de Orçamento e Patrimônio do Conselho Diretor
 (1980-1981)
    • Membro, Conselho Diretor (1980-1984)
    • Diretor, Faculdade de Educação (1980-1984)
    • Diretor Associado, Faculdade de Educação (1976-1980)
    • Membro, Câmara Curricular (1976-1980)
    • Coordenador, Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação
 (1975-1976)
    • Coordenador, Curso de Pedagogia, Faculdade de Educação (1974-1975)
  • Professor Assistente de Filosofia, Pomona College, Claremont, CA, EUA 
(1973-1974)
  • Preletor de Filosofia, California State University, Hayward, CA,
 EUA (1972-1973)
  • Assistente de Pesquisa, Departamento de Teologia Sistemática, Pittsburgh 
Theological Seminary, Pittsburgh, PA, EUA (1970-1972)

Livros

  • Informática: MicroRevelações (Campinas, SP, 1985)
  • O Uso de Computadores em Escolas: Fundamentos e Críticas (São Paulo, SP,
 1987; com Valdemar W. Setzer)
  • Uma Nova Estratégia para a Área Social (São Paulo, SP, 1988; com José 
Aristodemo Pinotti e Aníbal Faúndes)
  • Multimídia: Conceituação, Aplicações e Tecnologia (Campinas, SP, 1992)
  • Administração do Tempo (Campinas, SP, 1992)
  • Tecnologia e Educação: O Futuro da Escola na Sociedade da Informação 
(Brasília, DF, 1999)
  • Sua Escola a 2000 por Hora: Tecnologia para o Desenvolvimento Humano (São
Paulo, SP, 2004; com apoio da equipe do Instituto Ayrton Senna)
  • Pilares da Educação Digital (São Paulo, SP, 2010)
  • Aspectos Curriculares e Metodológicos da Área de Informação e Comunicação e
Suas Tecnologias (São Paulo, SP, 2010; com apoio da equipe da Secretaria Municipal da Educação de São Paulo)
  • Educação e Tecnologia: Mudança e Inovação com Uso das Redes Sociais (em
elaboração)
  • Educação e Desenvolvimento Humano: A Aprendizagem numa Sociedade Sem Escolas 
(em elaboração)
  • Educação numa Sociedade Liberal (em elaboração)

Palestras Principais:

  • Sonhos, Paixões e Projetos de Vida: O Grande Desafio da Educação
  • Talentos e Paixões: Como Conseguir que se Encontrem?
  • Educação, Mudanças e Inovação: A Tecnologia e a Reinvenção da Escola
  • Pilares da Educação na Sociedade da Informação
  • Uma Nova Educação para uma Nova Era: A Educação na Sociedade da Informação
  • A Tecnologia como Ferramenta e Brinquedo
  • A Tecnologia e a Educação: da Fala de Sócrates à Multimídia de Hoje
  • Educação a Distância: Só a Tecnologia e a Distância não Melhoram a Qualidade
da Educação
  • Comunidades Virtuais de Aprendizagem Colaborativa: A Maiêutica Socrática
 Disponível em Larga Escala
  • A Educação como Transmissão da Herança Cultural e a Educação como
Desenvolvimento Humano
  • A Arte e os Modelos da Aprendizagem: Como as Pessoas Aprendem
  • É Possível Reinventar a Escola ou Ela Vai Mesmo se Tornar Obsoleta?
  • Currículo Escolar Centrado no Desenvolvimento de Competências: Não Basta
 Tentar Disfarçar a Grade
  • Os Temas Transversais: Solução ou Mero Sintoma do Problema?
  • A Metodologia de Projetos, a Transdisciplinaridade e a Contextualização
  • A Formação de Professores para uma Nova Escola: É Possível Renovar as
 Faculdades de Educação?
  • Design Inovador Aplicado à Educação (DIAE) [Design Instrucional]

Contato:

São Paulo, 1 de Setembro de 2015

Uma resposta

  1. Bom dia, venho trabalhando em escolas públicas no município de Alvorada /RS sendo uma municipal a qual sou superviso educacional e outra estudual na qual atualmente até 2015 estou na direção. Na escola na qual estou diretora desde 2010, venho desenvolvendo um trabalho com grupos áulicos, cuja proposta é os alunos sentados em grupos e que em cada grupo tenha um aluno eleito como coordenador, este por sua vez deve convidar seus colegas de grupo pensando, quem eu gostaria de auxiliar, quem eu gostaria de trocar e quem eu gostaria de aprender, sendo que a cada trimestre nova eleição ocorre e quem foi o coordenador no trimestre atual, não poderá exercer esta função no trimestre posterior. A idéia é estimular o aluno a troca de conhecimento, a pesquisa e o trabalho em equipe, partindo de habilidades e competências a serem desenvolvidas, iniciamos na escola este trabalho em 2011, e ainda possuimos muitas dificuldades como os colegas, sendo esta uma inquietação contanstante, e até tema de meu mestrado, POR QUE PROFESSORES POSSUEM TANTA RESITÊNCIA, AO NOVO, A INOVAÇÃO? Comodismo, tradição, eu aprendi assim e assim será?O que leva a esta resistência? Como paralelo a isso estou num momento em que na escola municipal ao qual sou supervisora educacional estamos num processo de estudo e refomulação da proposta pedagógica da escola fui apresentada aos seus textos por parte de uma colega ao citar seus estudos numa apresentação realizada por ela ao grande grupo enquanto debatiamos a questão de como trabalhar com projetos como forma de estimular no aluno o pensamento crítico e a construção do conhecimento. Nas escolas, seja municipal ou estadual, me pego observando colegas que possuem o discurso repleto de citações, referências teóricas e na prática nos deparamos com quadros cheios, resumos de conteúdos, livro didático e questionário, onde está a inovação. Por que o discurso está tão longe da prática?

    A leitura de seus textos me provocaram a este desabafo. Tanto que compartilhei aos componentes da equipe diretiva da escola na qual sou diretora, com a intenção de com base em seus textos promover um debate com os educadores. Como trabalhar em grupos áulicos se ainda não estamos (alguns) promovendo situação que mobilize o aluno e o instigue a pesquisar, criticar, criar e principalmente – aprender a aprender.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s