Preços monitorados e administrados

Prestem atenção ao Editorial da Folha de S. Paulo de hoje, 10/1/2005:

"Mais uma vez, os preços monitorados e administrados desempenharam o papel de vilão no aumento do custo de vida na cidade de São Paulo. Os 16 itens enquadrados nessa categoria, que representam apenas 3% dos 525 pesquisados, foram responsáveis por 44,5% da taxa [de inflação] acumulada em 2004, que foi de 6,56%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Seis produtos -luz, água e esgoto, telefone, gasolina, planos de assistência médica e educação- responderam por 35% do IPC. . . . Para 2005, a alta de preços deve ser novamente puxada pelos preços administrados…"

Admitidamente, a razão que o governo invoca para "monitorar" ou "administrar" preços, não deixando que o mercado os regule, é… não deixar que os preços de bens e serviços críticos, como luz, água e esgoto, telefone, gasolina, saúde e educação, AUMENTEM DEMAIS, colocando esses bens e serviços fora do alcance da população.

No entanto, consistentemente, o preço desses bens e serviços monitorados e administrador pelo governo É O QUE MAIS AUMENTA. Eles aumentaram mais em 2004 e a previsão é de que vão aumentar mais em 2004.

Em todo lugar que o governo bota as suas mãos acontece o oposto das intenções do governo — supondo que as intenções declaradas sejam as intenções reais.

Cortland, OH, 10 de janeiro de 2005

  1. Pingback: Os Views dos Meus Artigos Aqui, « Liberal Space: Blog de Eduardo Chaves

  2. Pingback: Top Posts of this Blog for all time ending 2014-04-14 with number of views « * * * In Defense of Freedom * * * Liberal Space

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: