Atores favoritos

Al Pacino faz setenta anos hoje (25/4/2010) – nasceu em 1940.

Ele, Robert de Niro, Jack Nicholson e Anthony Hopkins estão entre meus atores favoritos.

De Al Pacino o meu filme favorito é Scent of a Woman (Perfume de Mulher) – em especial a cena em que ele dança o tango “Por una Cabeza” com Gabrielle Anwar, com, naturalmente, com os trechos que precedem e sucedem a dança, propriamente dita (cena que, a meu ver, é uma das melhores da cinematografia americana), e a cena final, do discurso que ele faz na Assembléia do colégio. 

De de Niro gosto especialmente de sua capacidade de, depois de participar de filmes seríssimos, como The Godfather (O Poderoso Chefão), fazer comédia com extrema competência em Meet the Parents (Entrando numa Fria) e Meet the Fockers (Entrando numa Fria Maior Ainda). Vai haver uma seqüência de Meet the Fockers. Parece que já está em produção. De Niro nasceu (como eu) em 1943. É o guri dessa turma.

De Nicholson gosto de vários filmes, especialmente de três, dois dramas e uma comédia: As Good as it Gets (Melhor é Impossível), About Schmidt (As Confissões de Schmidt), e Something’s Gotta Give (Alguém tem que Ceder). Nicholson nasceu em 1937.

De Anthony Hopkins gosto de quase tudo que ele faz, mas cito, em especial, The Remains of the Day (Vestígios do Dia), Shadowlands (Terra das Sombras), Meet Joe Black (Encontro Marcado), The Human Stain (A Culpa Humana) e Fracture (Um Crime de Mestre). Hopkins também nasceu em 1937. [No comentário que escrevi no Facebook lamentavelmente me esqueci de mencionar Anthony Hopkins].

Mas acrescento dois atores: um, em função de sua interpretação em apenas um filme; o outro, em função de sua interpretação em pelo menos dois.

Primeiro, Dustin Hoffman, em Tootsie. Hoffman nasceu também em 1937 (safra boa!).

Segundo, Clint Eastwood, em The Bridges of Madison County (As Pontes de Madison) e Gran Torino (Gran Torino, mesmo, em Português) – filmes bastante diferentes um do outro, em que ele é ator e diretor.

Clint Eastwood nasceu em 1930. Fará 80 anos no próximo dia 31 de maio – ou seja, daqui a um pouquinho mais de um mês. É o vovô dessa turma.

Isso quer dizer que ele interpretou e dirigiu Gran Torino quando tinha nada menos do que 77 anos (o filme foi lançado em 2008). Com quase 80 anos, continua trabalhando firme, e cada vez com mais competência e dedicação. O site IMDB indica que três filmes dirigidos por ele estão para sair: Invictus, Hereafter e Hoover. Os filmes que ele dirige são ousados e muito diferentes um do outro, o que mostra a sua criatividade, amplitude de interesses e diversidade de técnicas.

Nesse ponto, Clint Eastwood é meu ídolo sem competição no cinema.

Gostaria, na vida, de chegar aos oitenta com a mesma competência, criatividade, saúde e energia…

Em São Paulo, 25 de Abril de 2010 (enquanto me preparo para viajar para Taipei, capital de Taiwan)

  1. Pingback: Os Views dos Meus Artigos Aqui, « Liberal Space: Blog de Eduardo Chaves

  2. Pingback: Top Posts of this Blog for all time ending 2014-04-14 with number of views « * * * In Defense of Freedom * * * Liberal Space

  3. Pingback: Top Posts of this Blog for all time ending 2014-04-14 with number of views « * * * In Defense of Freedom * * * Liberal Space

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: