No Brasil não há Liberalismo: Há Autoritarismo de Esquerda e de Direita

Vale a pena ler o artigo de Luiz Felipe Pondé na Folha de S. Paulo de hoje (17/3/2014) sobre a ausência de uma verdadeira cultura de liberdade no Brasil. Transcrevo-o abaixo, na íntegra.

O argumento, a meu ver irrespondível, de Pondé é de que, no Brasil, falta uma cultura de liberdade, vale dizer, uma cultura liberal. O autoritarismo antiliberal viceja à esquerda e à direita.

O discurso e a prática contrários à tradição liberal se sustenta, hoje, principalmente na defesa do Politicamente Correto, dos “fobismos”. Da mesma forma que os homossexuais acusam de homofóbico (e querem colocar na cadeia) quem diz, como Silas Malafaia, que o homossexualismo é pecado, é erro moral no qual as pessoas indulgem consciente e voluntariamente, e, por isso, é reversível ou “curável”, como qualquer outro erro moral, os cristãos fundamentalistas, à la Malafaia, acusam de cristianofóbico o vídeo do Porta dos Fundos que lida irreventemente, com Jesus e com o Cristianismo. Agindo como os gays e seus simpatizantes em relação aos Malafaias da vida, querem colocar detrás das grades o Fábio Porchat, do Porta dos Fundos. Dizem-se ofendidos com o papo inventado de Jesus, na cruz, ou com a bronca de José com a gravidez virginal de Maria.

O Brasil não precisa trocar de autoritarismo, simplesmente substituir o autoritarismo de esquerda por um de direita. Ambos dão ânsia de vômito. Precisamos de uma cultura de liberdade, de uma cultura que dê a cada um uma casca mais grossa que o impeça de se ofender com qualquer piada ou brincadeira — ou com qualquer crítica, feita de forma séria ou jocosa.

Eis o texto do Pondé — a quem deveríamos estar todos agradecidos.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada/156742-the-clash.shtml

LUIZ FELIPE PONDÉ

The Clash

O Brasil não tem uma cultura de liberdade. É um país autoritário à direita e à esquerda.

Volto ao tema do humor porque a questão continua a preocupar e acho que o que aconteceu com o grupo Porta do Fundos não pode acontecer. O humor não pode ser considerado “falta de respeito”. Humor não é caso de polícia.

Quando o vocabulário público toma esse viés, estamos às portas da censura. Mas quem normalmente gritou contra a censura na ditadura são os mesmos que agora são os verdadeiros responsáveis por esta infelicidade.

Vemos “ex-guerrilheiros da liberdade” agora pregando a censura em nome do culto das “vítimas sociais”. Claro que quase toda a moçada que diz que era guerrilheira da liberdade no tempo da ditadura era de fato tão autoritária quanto os militares. Mas ninguém pode dizer isso, porque é “feio”. Este é um “adendo” a ser feito à comissão da verdade.

Mas o problema não foi criado pelos cristãos ou pela polícia ofendida. Foi criado por toda uma “trupe” que abraçou a causa do politicamente correto no Brasil. Agora, aguentemos.

Como determinar se mostrar Jesus batendo papo na cruz com o soldado romano que vai pregar suas mãos não é “falta de respeito” se aceitamos de partida a ideia de que “falta de respeito” ou “incitação ao preconceito” podem ser associados ao humor? Como dizer que um cristão está errado em afirmar que uma piada desta “incita a população descrente a ridicularizar cristãos”?

Portanto, devemos responsabilizar aqueles que começaram com essa cultura de censura travestida de “discurso do respeito”.

Liberdade de expressão implica riscos. E não se responde a liberdade que nos incomoda pedindo R$ 1 milhão por insulto. Mas o Brasil está virando uma ditadura light e só não vê quem não quer. Os ignorantes ainda não perceberam que a destruição da liberdade é muito mais eficaz quando é levada a cabo pela “cultura” e não pelas armas. Foi isso que os “totalitários do bem” perceberam e estão pondo em prática.

Mas o próprio sistema legislativo e jurídico brasileiro (seja por contar com oportunistas de plantão, seja por contar com idealistas totalitários –não conheço um idealista que não acabe sendo totalitário…) criou as condições de possibilidade pra eliminarmos a liberdade de expressão no Brasil.

O politicamente correto é uma cultura descarada do medo e não uma preocupação com a justiça. O Brasil não tem cultura de liberdade. É autoritário à esquerda e à direita.

Muita gente que agora está indignada com a tentativa de alguns cristãos de processar o grupo em questão é, em parte, o tipo de gente que inventou a cultura da demonização do humor. Que provém do veneno que criaram.

Podemos esperar mais dos cristãos de fato “praticantes”, pois eles são organizados, têm grana e filhos aos montes. Não vai parar aí. São uma cultura combativa que derrubou o império romano.

Em 1992, o cientista político Samuel P. Huntington fez uma conferencia no American Enterprise Institute, depois ampliada e publicada na revista “Foreign Affairs” em 1993, com o título “The Clash of Civilizations” (O Conflito das Civilizações). Algumas semanas atrás, o colega J.P. Coutinho citou este texto em sua coluna aqui na “Ilustrada”.

Pois bem, a playboizada politicamente correta adora xingar Huntington dizendo que seu texto é “preconceituoso”. Mas qualquer um que leia seu texto, guardando a distância devida (1992-1993), perceberá que sim, de lá pra cá, os conflitos são cada vez mais culturais. E o “clash” não é só entre grandes sistemas civilizacionais (como é o foco de Huntington), mas entre culturas locais.

O conflito atual entre russos e ocidentais, na realidade muito antigo, marca a diferença entre práticas centradas na ideia de etnia misturada com interesses pragmáticos contra práticas centradas na ideia de interesses pragmáticos sem opções étnicas.

O autor fala de países rasgados entre culturas conflitantes. O Brasil hoje é um país rasgado entre uma cultura liberal, centrada no indivíduo e na valorização da autonomia e autorresponsabilidade, e uma autoritária, centrada no “coletivo” e no culto do ressentimento e da dependência.

ponde.folha@uol.com.br

Texto escrito e texto transcrito em 17 de Março de 2014

Uma resposta

  1. Pingback: Top Posts of this Blog for all time ending 2014-04-14 with number of views « * * * In Defense of Freedom * * * Liberal Space

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: