A vergonha, a criança e o adulto (e os que a este e àquela se assemelham)

Segundo Neil Postman (The Disapperance of Childhood) uma das características que demarcam a idade adulta da infância é a vergonha (shame). O infante (criança até sete anos, por aí, não tem vergonha de trocar de roupa ou mesmo andar nu na frente dos outros, não tem vergonha de falar errado ou de dizer besteira, não tem vergonha de revelar os sentimentos, por mais embaraçosos que possam ser. . .  O adulto, por sua vez, tem.

Quando o adulto não sente vergonha daquilo que deveria envergonha-lo, demonstra imaturidade infantil – sem compartilhar a inocência da criança, porque já a perdeu.

O Genoíno me parece uma criança bobona. O Zé Dirceu, um simples malandro desavergonhado. Imaturo, mas não bobo.

Em São Paulo, em 17 de Março de 2014

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: